Revista Eletrönica Null / EMagazine Null

A Revista com a escrita certa do Brasil e do Mundo para bons leitores brasileiros e estrangeiros. / Die Zeitschrift schriftlich mit einigen von Brasilien und der ganzen Welt für gute Leser Brasilianer und Ausländer.

Carlos Taím marca presença na Livraria Ideal, e peça infantil “O pequeno Príncipe”, na Sala de Cultura Leila Diniz, atrai grande público infantil

Livraria Ideal

O Grupo Mônaco de Cultura – Livraria Ideal e a Sala de Cultura Leila Diniz – Nova Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro, promoveram mais um Giro Cultural no centro de Niterói. E neste Segundo evento do ano, 15ª Edição, que aconteceu no último sábado, 09 de março, idealizado pela Nova Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro,  o público conferiu, às 10h, na Livraria Ideal, o relançamento do livro infantil “A onça, o macaco e o vento” do escritor Carlos Taím. Em seguida, já na Sala de Cultura Leila Diniz, houve a releitura do clássico “O Pequeno Príncipe” para o teatro.

  • O Escritor, Infância, Formação e Inspiração

Carlos Taím

Carlos Taím, pseudônimo de Carlos Hermann Corner, nasceu no bairro de Cosme Velho, Rio de Janeiro, onde morou até os sete anos de idade.

Fez o antigo Curso Primário na Escola Mackenzie em São Paulo, depois, com a mudança da família para um sítio em Columbandê, São Gonçalo, terminou o segundo grau no Colégio Brasil em Niterói.

Desde muito cedo foi compelido pelos pais a exercer a profissão de engenheiro civil, a mesma de seu avô paterno, de seu pai e de três tios, o que cumpriu formando-se em Curitiba.

SAM_1996

De volta a São Gonçalo, exerceu a profissão até a aposentadoria, convivendo serenamente com as atividades tecnológicas e o dilentantismo na busca das criações artísticas, fruto da herança materna. A mãe, Ilná Pontes de Carvalho era poetiza de Belém do Pará. Tomando consciência disto, sua meta foi sempre a poesia e o teatro. Escreveu e montou a peça infanto-juvenil Brincando com a Máquina do Tempo no Teatro Opinião em Copacabana na década de 70.

O escritor mora atualmente em Niterói, onde escreveu o presente poeminha travesso e acumula na gaveta material para um futuro livro de poesias.

  • A Obra infantil “A onça, o macaco e o vento”

SAM_2033

Segundo o escritor faz 20 anos que fez um conto infantil, e faz três anos que iniciou a obra  ”O onça, o macaco e o vento” estendendo o trabalho que havia feito no passado. “Quando me aposentei comecei a fazer o meu primeiro livro infantil. Lancei uma peça de Teatro “Brincando com a máquina do tempo”, nos anos de 1970 – Teatro Arena de Copacabana.

SAM_2007

A obra está escrita em forma poética (Dois Decassílabos e uma Redondilha Maior com Sete Sílabas) com 51 estrofes iguais e dois decassílabos. São cinco Episódios e um Epílogo. A obra não possui personagens humanos, e é composta de uma narrativa poética na fazenda e na floresta. A inspiração de Taím veio do sítio que morou em 1946 (Columbadé – São Gonçalo). “Minha inspiração veio do sítio que morei em São Gonçalo (Columbadé), lá havia muitos pássaros e animais – papagaios, araras, porcos, galinha, irerês (pássaro da Amazônia) e outros. Montava cavalos em pelos, e tinha uma égua “Bacarda”. Minha infância toda tive com animais. E meu talento herdei da minha mãe que era poetiza.”

  • Giro Cultural

SAM_2018 SAM_2025

A respeito do evento, o escritor Carlos Taím afirmou que  o “Giro Cultural” é uma grande oportunidade para divulgar sua obra: “Fui entrevistado na Unitevê – Canal 17 de São Gonçalo e Niterói. Tive o prestígio de relançar a minha obra e estou muito satisfeito”.

  • Preservação da Natureza

SAM_2008

Carlos Taím ainda alertou sobre a extinção dos animais silvestres e exploração ecológica: “Acho um desastre o que tem acontecido com nossos animais da floresta, principalmente na Amazônia e com os índios. O governo tem uma participação importante na preservação das nossas florestas. E é necessário preservar  e evitar a destruição. Além disso, as escolas devem discutir mais sobre o assunto com as crianças a fim de como evitar a destruição ecológica e como preservar o meio ambiente”

SAM_2023 SAM_2031

  • Introdução do autor

“Desde muito cedo, não lembro com que idade, eu costumava contar histórias, inventava na hora, para meu irmão antes de dormirmos (geralmente ele antes do fim). Macacos eram frequentes naquelas histórias. Já adultos escrevi um conto infantil, depois abandonado mas cujo tema inspirou o atual poeminha travesso.

Ele é fruto da minha convivência, na adolescência, com o mico-prego Chico que minha mãe trouxe de Belém e que foi meu companheiro de estrepolias na granja onde morávamos no bairro Colubandê da saudosa quase vila de São Gonçalo dos anos quarenta.

Com esse enredo emaranhado, como os cipos da floresta, mas ao mesmo tempo, simples como a vida no campo, quis retratar a harmonia da vida dos seres selvagens com os pacíficos, entrosados na Mãe Natureza, de onde emanam sons musicais e  ruídos, que são a sua linguagem e onde a palavra humana não faz falta.

Carlos Taím

  • Sala de Cultura Leila Diniz

SAM_2052

SAM_2056

A peça teatral infantil tem sido apresentada na Sala de Cultura Leila Diniz, por maior comodidade. E não somente o público da peça, mais também o visitante de Niterói e adjacências tem a oportunidade de conhecer  a Sala de Cultura Leila Diniz, além de conferir sempre novas exposições.

SAM_2137

Alberto Araújo, poeta-escritor disse que a peça foi boa e dinâmica: ” Muito boa a peça infantil “O pequeno príncipe”. Achei que houve muita interatividade e dinamismo. E vi que despertou na criança muita imaginação. O Giro Cultural é um grande evento patrocinado pela Imprensa Oficial, e as crianças têm aprendido e gostado muito”.

Shirley Lopes – Achei interativo e dinâmico. A peça ajuda a criança a participar e prende a atenção dela.”contou a escritora.

SAM_2141

Graziele Leite, costureira, trouxe sua filha Priscila Leite (7) anos para assistir a peça e afirmou ter gostado muito: ” Eu e minha filha adoramos a peça, foi maravilhosa”.

SAM_2144

Rachel Palmerin – produtora e atriz ressaltou a importância da peça teatral do clássico francês e sobre o apoio dado pela Nova Imprensa Oficial: ” A peça infantil  é um clássico muito importante. “O Pequeno Príncipe”, do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, é uma estória que convida a todos para assistir o espetáculo. Temos trabalhado com a interação e buscamos ter a participação das crianças. Já o apoio da Nova Imprensa Oficial tem nos ajudado devido a comodidade para o público, por ser um ambiente mais agradável e confortável.”.

SAM_2125

SAM_2105 SAM_2118 SAM_2136

O Pequeno Príncipe

  • Le Petit Prince (no Brasil O Pequeno Príncipe; em Portugal, O Principezinho)

É um romance do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, publicado em 1943 nos Estados Unidos. Numa primeira leitura, aparenta ser um livro para crianças, mas possui um grande teor poético e filosófico. O autor do livro foi também autor das ilustrações originais.

Em Portugal, O Principezinho integra o conjunto de obras sugeridas para leitura integral, na disciplina de Língua Portuguesa, no 2º Ciclo do Ensino Básico. No Japão, há um museu dedicado ao personagem principal do livro.

Um filme musical intitulado The Little Prince foi feito baseado no livro e lançado em 1974. Na década de 80 foi lançada uma série de desenhos animados chamada As Aventuras do Pequeno Príncipe. A série foi feita pelo estúdio de animação “Vóvó Chantre” e foi ao ar pela primeira vez no Japão em 1978 sob o título Hoshi no Ōjisama Puchi Purinsu (星の王子さま プチ・プリンス? Prince of the Stars: Petit Prince). O Principezinho na Quinta da Regaleira, de 2011 foi uma adaptação para teatro, do grupo de teatro português Byfurcação.

Entrevista: Cláudio Barbosa

Fonte: Carlos Taím e Wikipédia, a enciclopédia livre

Fotos: Cláudio Barbosa

Texto: Cláudio Barbosa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Principais acessados

  • Nenhum

Revista Eletrönica Null

Revista Eletrönica Null

Digite seu e-mail para receber notificações em seu correio eletrônico.

Junte-se a 126 outros seguidores

Sally's Serenity Spot

My Spiritual Journey

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.

%d blogueiros gostam disto: