Revista Eletrönica Null / EMagazine Null

A Revista com a escrita certa do Brasil e do Mundo para bons leitores brasileiros e estrangeiros. / Die Zeitschrift schriftlich mit einigen von Brasilien und der ganzen Welt für gute Leser Brasilianer und Ausländer.

Parentes homenageiam vítimas dos atentados ao World Trade Center

 

2.977 nomes foram lidos e um minuto de silêncio foi feito, em frente ao Memorial de 11 de Setembro.
O atentado ao World Trade Center, no dia 11 de setembro de 2001, completou 11 anos na última terça-feira (11). Os ataques realizados pela rede terrorista Al Qaeda, resultaram na morte de 2.977 pessoas. 19 terroristas foram responsáveis pelos ataques, o amor nos Estados Unidos.
Em Nova York, os familiares das vítimas fizeram um minuto de silêncio às 8h46, horário em que o primeiro avião atingiu as torres. O presidente Barak Obama e a primeira dama Michele Obama participaram da cerimonia.

 

  • Atentados as Torres Gêmeas do World Trade Center

Há 11 anos, o dia 11 de setembro traz a lembrança de um dos maiores atentados terroristas de todos os tempos. Uma ação orquestrada pela rede Al Qaeda sequestrou quatro aviões para atingir as torres do World Trade Center, em Nova York, o Pentágono, em Washington, além de derrubar uma das aeronaves na Pensilvânia. Na ocasião, o mundo parou para assistir aos prédios atingidos e, mais tarde, desabar e cobrir a cidade de poeira. Passados 11 anos, as imagens dos atentados ainda impressionam.
O atentado começou cedo: às 8h46 (9h46 no horário de Brasília) um Boeing 747 da companhia aérea American Airlines atingiu a torre norte do WTC, entre os andares 93 e 99. No momento da batida, o avião estava a aproximadamente 790 km/h.  Ali, começava a triste lembrança do 11 de Setembro, que derrubou um dos maiores símbolos da economia dos Estados Unidos e atingiu o comando de defesa do país, o Pentágono. O atentado começou cedo: às 8h46 (9h46 no horário de Brasília) um Boeing 747 da companhia aérea American Airlines atingiu a torre norte do WTC, entre os andares 93 e 99. No momento da batida, o avião estava a aproximadamente 790 km/h.

Emissoras de televisão do mundo inteiro foram até o local, na tentativa de entender o que estava acontecendo. Desesperadas, algumas das pessoas que estavam nos prédios foram flagradas pulando dos edifícios.
Naquela manhã, às 9h59, a torre sul desabou, levantando uma enorme nuvem de poeira.

Às 10h28, a torre norte veio ao chão. Ninguém que estava nos andares acima do impacto do avião conseguiu sobreviver à queda. Na imagem, a primeira torre desabando. Até hoje, muitas pessoas sofrem com os atentados de 11 de Setembro.

Centenas de policiais e bombeiros que trabalharam no resgate às vítimas nas torres gêmeas ainda sofrem com problemas respiratórios e de câncer, causados pela fumaça que tomou conta do local após o desabamento dos prédios.
O então presidente dos EUA, George W. Bush, estava visitando uma escola no momento dos atentados. Ao ser informado do que estava acontecendo em Nova York e Washington, Bush não demonstrou nenhuma reação e foi duramente criticado pelos americanos e pela comunidade internacional.

Anos após o atentado, Bush disse que queria passar “uma imagem de calma” para o país.

Bush recebe a notícia de seu assessor, que lhe diz a seguinte frase: “A América está sendo atacada”
Enquanto as atenções estavam voltadas para Nova York, o Pentágono, sede do Departamento de Defesa no Estado de Washington, também era atacado.

O terceiro avião foi lançado contra o prédio, matando 64 pessoas que estavam na aeronave e 125 funcionários que trabalhavam no local.

Na imagem, um helicóptero da Força Aérea dos EUA sobrevoa uma das alas do Pentágono atingida pelo avião.
Um quarto avião também tinha como alvo importantes símbolos da política norte-americana. O voo 93 da United Airlines estava a caminho do Capitólio (sede do Poder Legislativo dos EUA) ou da Casa Branca, ambos na cidade de Washington.

Os passageiros do avião, porém, enfrentaram os sequestradores e frustraram o plano. A aeronave, que levava 37 passageiros, sete tripulantes e quatro terroristas, caiu em um campo na Pensilvânia, matando todos a bordo.

Quase 3.000 pessoas morreram nos ataques. Das vítimas, 19 eram terroristas responsáveis pelos atentados.

Osama bin Laden, líder do grupo Al Qaeda e suposto responsável pela organização dos ataques, passou a ser procurado pelas forças de inteligência dos EUA após os atentados.

No início de maio de 2011, o presidente Barack Obama parou o mundo ao anunciar que Bin Laden tinha sido capturado e assassinado no Paquistão.

Equipes de bombeiros trabalhavam no resgate das vítimas nos escombros dos edifícios em Nova York.
Os ataques de 11 de Setembro resultaram na invasão dos Estados Unidos ao Iraque e ao Afeganistão, com o objetivo de combater células terroristas da Al Qaeda.

Atualmente, um memorial (foto) foi construído no local exato onde ficavam as torres gêmeas, em Nova York.

Fonte: Arquivo de fotos Reuters
Por Cláudio Barbosa

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Principais acessados

  • Nenhum

Revista Eletrönica Null

Revista Eletrönica Null

Digite seu e-mail para receber notificações em seu correio eletrônico.

Junte-se a 126 outros seguidores

Sally's Serenity Spot

My Spiritual Journey

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.

%d blogueiros gostam disto: